Novela Counter Strike: #2- Começou a Manifestação.

Isso vai dar Novela, escuta o que eu estou falando😉

Pra quem não sabe, CS e Everquest foram Banidos no Brasil;

Agora começou a Segunda Parte da Novela:

A manifestação!

Sim, teve Manifestação no Masp que reuniu jogadores para discutir a decisão judicial.

Cerca de 30 manifestantes, entre jogadores, professores e profissionais ligados aos games se reuniram na manhã deste sábado (2) no Museu de Arte de São Paulo (Masp) para debater a proibição de venda dos jogos “Counter-Strike” e “Everquest” no mercado brasileiro.O encontro, organizado pela internet, não chegou a chamar a atenção de uma Avenida Paulista agitada pelo barulho de reformas nas calçadas, mas pode ter sido o primeiro passo para a comunidade gamer organizar-se e tentar recursos contra a decisão judicial que proibiu a venda dos jogos em território brasileiro.

“Essa decisão é muito perigosa porque é baseada no preconceito. Não existe nenhuma relação entre games e violência. Essa decisão deve motivar o protesto não só dos jogadores de videogame, mas de todos que defendem a liberdade de expressão no país”, diz Sérgio Amadeu, professor de Comunicação da Cásper Líbero e sociólogo.

Ele cita São Paulo como exemplo de que os locais com maior concentração de games são aqueles com menores índices de violência.O estudante de História, Rodrigo Souza Neves, de 21 anos, considera a proibição ilegal. Ele diz que o controle da venda para menores de 18 pode até ser razoável, mas que a proibição generalizada fere o direito de escolha dos adultos. “Você pode assistir a filmes violentos,

pode participar de esportes radicais”, compara. E, lembrando casos de conflitos semelhantes na história, conclui: “Sempre existiram grupos avessos à inovação. É um conflito cultural.”

Renan Duarte, 27 anos, é técnico em informática e atendente de LAN house. Apesar do bom humor ao aparecer com a placa com a mensagem “Até minha mãe joga Counter-Strike”, ele diz que não pretende ir “contra a Justiça”, e só vai voltar a jogar “Counter-Strike” quando o jogo for liberado. Enquanto isso, joga “Battlefield”, jogo de guerra que, como ele destaca, também incentiva o trabalho em equipe para o sucesso das missões.

Gustavo Lanzetta, de 17 anos, é um dos responsáveis pelo blog Liberdade Gamer, que organizou o encontro no Masp. “Os jogos, hoje, são feitos para pessoas mais velhas. Para quem trabalha, estuda e quer ter um tempo de diversão. É conhecendo as pessoas que jogam que você entende o jogo”, diz ele.

Apesar da presença pouco expressiva dos manifestantes, os jogadores consideram que a mobilização deve aumentar. Eles planejam manter contato através de sites e blogs e procuram recursos jurídicos para lutar contra a proibição dos jogos.

E estão Muito Certos em Fazer Manifestação! Counter Strike é um Lazer, um tipo de Diversão no Brasil e em Vários Países, já Imaginou, você, mulher, ter suas novelas das 6, 7 e 8 proibidas, por isenuação de !@#$$@##?? 

3 Respostas

  1. ae parceiro!

    tem indicação pra vc lá no blog

    http://nitrical.blogspot.com/2008/02/este-blog-vale-pena-conferir.html

    confere lá!

    Nítrical

  2. Sou contra a proibição do jogo, achei uma palhaçada esse negócio de proibir..

  3. Aff proibir pra que.. Como eu disse, se proibir novela, ou qualquer outra coisa.. SHIII! Já muda tudo.. Preconceito isso de Proibir Everquest e CS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: